Apesar da desistência, teve panelaço

Apesar da desistência, teve panelaço

Apesar da desistência, Jair Bolsonaro foi alvo de novos panelaços na noite deste sábado, em todo país.

A intenção de fazer o novo pronunciamento – o sexto desde o início da crise – foi revelada pelo presidente na quinta-feira, durante videoconferência com empresários no Palácio do Planalto. “Nós temos que ter mais do que comercial de esperança, transmitir a confiança. Tanto é que vamos ter um pronunciamento gravado para sábado à noite nessa linha”, disse o presidente na ocasião.

O presidente defende uma abertura geral de estabelecimentos e o chamado “isolamento vertical” – que vale apenas para idosos e doentes. Contra as medidas de restrição adotadas por governadores e prefeitos, Bolsonaro tem argumentado que o fechamento do comércio trará o “caos” e a “fome” para a população que está sem renda.

O Brasil caminha em passos largos para ser o oficialmente o primeiro do  mundo em casos de coronavírus. Já superou a Itália, Espanha e está em 4º lugar.

EM UMA SEMANA, O PAÍS PASSOU DE DEZ MIL MORTES PARA MAIS DE QUINZE MIL MORTES. UM AUMENTO DE 50%