Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Apoiadores de Bolsonaro afirmam : ” no pronunciamento ele não pediu para parar os protestos nas estradas ‘

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) reproduzem nas redes sociais um trecho do discurso do chefe do Executivo nesta terça-feira, 1º, para defender a continuidade dos protestos que fecham rodovias pelo Brasil. No pronunciamento, Bolsonaro afirmou que “nossos sonhos seguem mais vivos do que nunca”. A frase foi interpretada como uma autorização para a continuidade.

No Telegram usuários receberam a fala do presidente como uma autorização para manter os protestos que fecham rodovias pelo Brasil. Além de elogios ao pronunciamento, membros destacam que ele não pediu para que os protestos parassem.

“Bora para cima deles. Em nenhum momento o presidente mandou parar. Ele só falou para a gente não pegar os métodos que a esquerda pega”, disse uma usuária em um dos grupos dos apoiadores.

 

Apesar de ele ter mencionado o respeito à Constituição e condenado o cerceamento do direito constitucional de ir e vir, bolsonaristas viram na fala de dois minutos um estímulo ao questionamento do resultado das urnas.

“O presidente mandou bem. Falou muito pouco e não mandou ninguém sair da rua. Não mandou ninguém parar o protesto. Bora pra rua, povo!”, exortou um bolsonarista, junto a várias mensagens de tom similar. “Para bom entendedor, as palavras não ditas bastam”, retrucou outro.

Presidente não reconheceu a vitória do ladrão, pra cima deles!”, bradou outro apoiador do candidato derrotado em um grupo intitulado “Ucraniza Brasil”.

Fonte: Estadão e O Globo

 

SOMENTE COM A PRISÃO DE BOLSONARO, O PAÍS TERÁ PAZ. ELE CONTINUA COMANDANDO AS OBSTRUÇÕES NAS ESTRADAS E SUA FALA ELE NÃO RECONHECEU A DERROTA E NÃO MANDOU PARAR OS BLOQUEIOS DAS ESTRADAS. PODE-SE DEDUZIR ISSO, MAS ELE NÃO FALOU DE FORMA DIRETA

E O GADO VÊ A FALA COMO AUTORZAÇÃO PARA CONTINUAR