Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Após resposta dura, cabe ao Brasil romper com a Venezuela

A chanceler da Venezuela, Delcy Rodríguez, declarou nesta terça-feira, 1º, em Genebra,

“Houve um golpe de Estado no Brasil, que substituiu a vontade de 54 milhões de pessoas que votaram em Dilma Rousseff. Por isso, o pedido do Brasil é um descaramento”, disse ao Estado. “Esse governo golpista é formado por um grupo de corruptos. É um governo vergonhoso para a nossa América.”

A declaração foi em resposta a cobrança do Itamarati, na ONU,  para que ocorra a retomada do processo de referendo revogatório do mandato de Nicolás Maduro.