As quentinhas do dia 25/10

Mourão descarta papel de vice decorativo e quer sala ao lado de Bolsonaro.

“Eu não voto no PT, eu nunca votei no PT e eu não vou votar no PT. Vamos deixar isso claro para começar. Mas também achava que a candidatura do Bolsonaro tem uma série de coisas que tinham que ser revistas, pensadas, como acabei de falar. Pontos muitos importantes de um discurso, bicho, que eu não concordo.” Luciano Huck

Em entrevista à Folha, Carlos Ayres Britto avalia que a atual situação do país é “sombria”, mas diz acreditar que a democracia se blindará de qualquer eventual tentativa de “liquidá-la”.

“Se o candidato pode defender posturas inconstitucionais e exagerar na retórica, outra coisa é no exercício do poder”, afirma o ex-presidente do STF, que diz ter sido sondado para o Ministério da Justiça de um eventual governo Jair Bolsonaro.

O general Augusto Heleno falou sobre Bolsonaro:

“Ele está realmente ameaçado, não é um mero tiro de sniper, é um atentado terrorista onde tem uma organização criminosa – que não vou citar o nome por motivos óbvios – envolvida.”

É comprovado por mensagens e escutas telefônicas. Isso é absolutamente verídico. A saída dele, em qualquer horário com hora marcada, é problemática”, detalhou.

Militar explicou que ameaças de ‘organização criminosa’ foram comprovadas em ‘mensagens e escutas telefônicas’

“Inclusive com a recomendação de que, toda vez que fosse sair de casa, fizesse um vasculhamento no entorno da casa dele e jamais saísse com hora marcada. Então, o comparecimento ao debate, que muita gente está vinculando a um medo de sair ou de debater com o Haddad, não se trata disso. Ele está, realmente, ameaçado”, explicou o general em vídeo compartilhado nas redes sociais.

“O PT FOI O GOVERNO MAIS CORRUPTO DO MUNDO.”
Jurista, Ives Gandra.

Embora tenha 28 anos na Câmara enricando a família e sem projetos em benefício do país, Bolsonaro é tido como parte da “nova política”, o “único honesto que fez parte da base aliada de Lula/Dilma e não se vendeu”.
O homem que afirma que não faria o toma lá dá cá ( normal no jogo político)
ESTÁ EM CONTATO COM O CENTRÃO PARA OBTER APOIO. SERIA RODRIGO MAIA REPRESENTANTE DO NOVO OU DO VELHO BOLSONARO?
E FEZ ACERTO COM RODRIGO MAIA, PARA O MESMO CONTINUAR NA PRESIDÊNCIA DA CÂMARA.
ALGO VAI ROLAR EM TROCA?