Atividades do Outubro Rosa têm início em Salvador

Atividades do Outubro Rosa têm início em Salvador

No dia 30, às 14h, no Teatro Escola Jorge Amado, na Pituba, é a vez de uma ação de conscientização exclusivamente direcionada às mulheres surdas do Centro de Surdos da Bahia (Cesba). A iniciativa envolve palestras sobre a importância do diagnóstico precoce para a cura do câncer de mama, debates e intervenções culturais com o Grupo Favela de Teatro.

 

“Diante deste cenário, é preciso difundir amplamente informações sobre a importância da prevenção e combate ao câncer de mama com o objetivo de evitar a doença e aumentar as chances de cura entre as nossas mulheres”, destaca Rogéria Santos, secretária da SPMJ.

 

Números – Segundo o Ministério da Saúde, o câncer de mama é segundo tipo que mais acomete mulheres no Brasil, representando em torno de 25% de todos os cânceres que afetam o sexo feminino. Estima-se 66.280 casos novos da doença para cada ano do triênio 2020-2022. Esse valor corresponde a um risco estimado de 61,61 casos novos a cada 100 mil mulheres, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca).

 

Em Salvador, o câncer de mama já vitimou 178 mulheres de janeiro a setembro de 2020. O número representa uma redução em 35% na quantidade de óbitos em comparação ao mesmo período do ano passado, quando 276 pessoas faleceram em decorrência de complicações da doença.

 

Entre janeiro e agosto deste ano, a SMS realizou 93 mil exames de mamografia. Desse montante, 62 mil foram agendados e apenas 34 mil mulheres (54%) compareceram para realizar efetivamente o procedimento.

Fotos: Jefferson Peixoto/Secom