Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Atriz Mônica Iozzi foi condenada a pagar R$ 30.000,00 a Gilmar Mendes

A condenação da atriz Mônica Iozzi a indenizar em R$30 mil, por danos morais, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), não foi provocada por suas críticas ao habeas corpus concedido ao médico Roger Abdelmassih, acusado de assédio sexual e até estupro de suas paciente.

O juiz Giordano Costa considerou que ofendeu a dignidade, a honra e a imagem de Gilmar Mendes a montagem fotográfica, publicada por Mônica Iozzi ( abaixo) para ilustrar a sua crítica, em que o magistrado aparece com a tarja “cúmplice”, sugerindo que o ministro da Suprema Corte adotou a decisão de conceder o habeas corpus por suposta cumplicidade com o médico que até então era investigado. (com informações do Diário do Poder)