Aumento do salário mínimo será menor porque a inflação foi menor

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (30) que o novo valor do salário mínimo para 2018, anunciado pelo Ministério do Planejamento, é determinado pela aplicação da lei, e não por escolha política. Meirelles destacou ainda que o montante depende do resultado do Produto Interno Bruto (PIB) do País e da inflação. “O salário-mínimo basicamente está definido por lei. A questão é apenas como calcular exatamente a aplicação dos índices de inflação. Porque o salário-mínimo é definido por crescimento do PIB e inflação. Então é meramente uma questão de definir esses itens”, disse, após participar de uma palestra na Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP).

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, anunciou hoje a revisão do Orçamento de 2018 com a previsão de redução de R$ 4,00 no valor do salário mínimo para o próximo ano, que passa de R$ 969,00 para R$ 965,00.

Como está escrito no primeiro parágrafo da reportagem a definição do valor é aplicar a lei e tem como base a inflação e o INPC.
Se a inflação é menor o aumento é menor. Não é ação do governo Temer reduzir o aumento do salário mínimo. A equipe econômica reduziu a inflação.
Se a inflação é menor o poder de compra será maior.
Não adianta aumentar para R$ 2000,00 o salário mínimo se a inflação fosse de 80% ao mês, como ocorria no tempo do “cruzeiro”.

Leave a Reply