Baixe a bola capitão

A cúpula do nosso EXÉRCITO não aprova golpes, ilegalidades, fechar o Congresso e STF, prender ministros ilegalmente.

Uma prova disso é a nota divulgada pelo exército repreendendo o capitão da reserva Carlos Alves, que ofendeu os ministros do STF.

A declaração de Bolsonaro de banimento de adversários não foi bem vista pelo Exército.

O vencedor da eleição será presidente de todos os brasileiros e a todos deve respeitar, inclusive aqueles com ideologias diferentes das suas, independente de serem verdes (PV), vermelhos (PT) amarelos (PSOL),ou outra cor, desde que eles respeitem as leis.
Alcançar a presidência do país se espera responsabilidade e competência.. Não se alcança esse cargo para a vaidade de ter o poder ou banir ou prender ou se vingar de adversários e sim para trabalhar em benefício da nação.
Cabe a justiça prender e não ao presidente.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial