Barroso derruba portaria do MS que proibia demissão de não vacinados

O ministro do STF, Luís Roberto Barroso,  derrubou trechos da portaria do Ministério do Trabalho que proibia empresas de cobrarem o documento dos funcionários comprovarem que foram vacinados. A portaria foi editada pelo Ministério do Trabalho no último dia 1º. Partidos políticos e sindicatos, então, acionaram o Supremo contra a medida do governo.

O país e o mundo enfrentam uma pandemia de graves proporções. A enfermidade por Covid-19 mostrou-se altamente contagiosa e é responsável, no Brasil, pela impressionante cifra que ultrapassa 600.000 mortos”, escreveu Barroso.

Optimized with PageSpeed Ninja