Bolívia - Desafeto de Bolsonaro é eleito

O presidente Jair Bolsonaro deve explicar aos bolivianos as ações de ingerência na soberania do país, antidemocrática e não diplomática, de sua embaixada na Bolívia”. – Luis Arce, do MAS-IPSP candidato eleito Presidente da Bolívia na eleição de 18 de outubro de 2020.

Em entrevista à TeleSUR, Luis “Lucho” Arce disse que o presidente de extrema direita do Brasil devia aos bolivianos uma explicação para o que chamou de “atividades antidemocráticas e não diplomáticas” de sua embaixada em La Paz.

A eleição da Bolívia, realizada em 18 de outubro, foi a primeira após a queda de Evo Morales

O RESULTADO FINAL DAS ELEIÇÕES AINDA NÃO FOI DIVULGADO , MAS O SEGUNDO FONTES,  LUIS ARCE , ESTÁ ELEITO.