Bolsonaristas divulgam fake news contra a enfermeira que foi a primeira vacinada

Bolsonaristas divulgam fake news contra a enfermeira que foi a primeira vacinada

É falso que a enfermeira Mônica Calazans, primeira pessoa a receber a vacina contra a covid-19 no Brasil, já estivesse imunizada por ter participado dos testes da vacina do Butantan, como diz o deputado paulista Gil Diniz (PSL) em postagens no Facebook e Twitter.

De fato, Mônica participou como voluntária dos estudos clínicos feitos no Brasil da vacina Coronavac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac. Ela recebeu duas aplicações dos testes entre julho e agosto de 2020. No entanto, no dia 17 de janeiro, ela foi informada que estava no grupo que recebeu placebo e não as doses do imunizante. (Estadão)

Em um vídeo que circula nas redes sociais é mostrada uma foto de Mônica sem mascara sem uma praia.

A FOTO FOI FEITA ANTES DA PANDEMIA E SE FOSSE DURANTE A PANDEMIA, ELA VOLTAVA DO BANHO E LOGICAMENTE NÃO SE USA MÁSCARAS PARA TOMAR BANHO DE MAR.