Bolsonaro ameaça a democracia e diz que espera um sinal do gado (povo dele) para tomar providências

Bolsonaro ameaça a democracia e diz que espera um sinal do gado (povo dele) para tomar providências

O presidente  Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que o Brasil “está no limite” e que há pedidos para que ele tome uma “providência”.

“Vai ter escassez, o que é comum quando tem escassez? O preço sobe, inflação. Vão culpar quem? O Brasil está no limite. Pessoal fala que eu devo tomar providência. Estou aguardando o povo dar uma sinalização. Porque a fome, a miséria, o desemprego, está aí. Só não vê quem não quer. Ou quem não está na rua. Eu sempre tive na rua.” (Bolsonaro)

 

“Amigos do Supremo Tribunal Federal, daqui a pouco vamos ter uma crise enorme aqui. Estamos na iminência de ter um problema sério no Brasil. Parece que é um barril de pólvora que está ai. Tem gente de paletó e gravata que não está enxergando isso ai”, disse Jair Bolsonaro

É inadmissível que  em plena pandemia, o presidente ameace os demais poderes e a democracia brasileira.

O que ele chama de povo é apenas 26% dos eleitores que ainda apoiam seu governo.

O lockdown é necessário, é essencial para o Brasil reduzir o número de mortes de COVID. E NO BRASIL NUNCA FOI FEITO.

QUE PROVIDENCIAS ELE AMEAÇA TOMAR? COM CERTEZA ELE ESTÁ ISOLADO E O EXÉRCITO NÃO APOIA GOLPES.

PROVIDENCIAS PRECISAM SER TOMADAS PELO PRESIDENTE DA CAMARA, ACEITANDO UM DOS MAIS DE 100 PEDIDOS DE IMPEACHMENT