Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Bolsonaro – Cirurgia será avaliada a necessidade de cirurgia após exames clínicos criteriosos

“A decisão se (Bolsonaro) vai ser operado ou não depende de um exame clínico criterioso por parte do cirurgião. Não é uma tomografia que vai dizer se vai ser operado, hemograma, PCR, nada disso. É o exame clínico adequado por parte do cirurgião”, o médico-cirurgião que acompanha o presidente Jair Bolsonaro (PL), Antônio Luiz Macedo,

Macedo afirmou que , outros médicos do Vila Nova Star já examinaram o presidente e avaliaram que talvez a cirurgia não seja necessária. “Mas, eu chegando, vou direto ao hospital, vou examinar direitinho e ver se há necessidade de operação ou não”, acrescentou.

Macedo acompanha o presidente desde setembro de 2018, quando Bolsonaro sofreu uma facada na região do abdômen durante a campanha eleitoral.

Ele estava em viagem  de férias  nas Bahamas  e vai retornar ao Brasil nesta terça- feira para prestar assistência ao presidente.

Bolsonaro deu entrada na mesma unidade médica ( Vila Nova Star) pela última vez em julho de 2021, quando também sentiu dores abdominais e ficou quatro dias internado para tratamento do mesmo problema.