Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Bolsonaro continua ameaçando a democracia = ” liberdade a qualquer preço”

Em evento militar em Goiânia (GO), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o “Brasil vive momentos não muito tranquilos” e depositou nas Forças Armadas a garantia de que a constituição, a democracia e a liberdade serão mantidas “a qualquer preço”.

“Uma das poucas coisas que me confortam, como presidente da República, é saber que vocês existem. Que estão ao lado da lei, da ordem e da defesa da nossa liberdade, bem maior de um povo. O Brasil vive momentos não muito tranquilos, mas a certeza da existência daqueles que têm acima de tudo sua pátria conforta toda a nossa nação. Nos momentos mais difíceis da história você soldado brasileiro sempre esteve presente”, disse Bolsonaro durante a solenidade de passagem do Copesp (Cmando de Operações Especiais do Exército)

 

Liberdade a qualquer preço”, afirmou Bolsonaro.

Quem disse que não temos liberdade? Ao tomar posse, Bolsonaro jurou defender a Constituição. Não existe “liberdade” a qualquer preço, quando ele quer violar a Constituição. O desejo dele é fechar STF, fechar Congresso, governar sozinho como um ditador, impondo suas ideias. Se tem alguém que coloca em risco nossa liberdade é Bolsonaro, ele quer desobediência civil, sangue nas ruas, golpe, rasgar a Constituição, não aceitar o resultado das urnas, ameaçar as eleições de 2022 porque sabe que será derrotado. É essa a liberdade que Bolsonaro quer? A LIBERDADE DE VIOLAR A CONSTITUIÇÃO PARA IMPOR SUAS VONTADES?

“A constituição, a democracia e a liberdade serão mantidas “a qualquer preço”.

QUEM AMEAÇA A DEMOCRACIA E A CONSTITUIÇÃO? BOLSONARO

Ricardo Lewandowski: Intervenção armada: crime inafiançável e imprescritível