Bolsonaro continua defendendo o fim do isolamento

Bolsonaro continua defendendo o fim do isolamento

Ao assinar a MP que libera R$ 1,9 bilhão para a encomenda da vacina de Oxford, o presidente voltou a Pregar o fim do isolamento e defender o uso de medicação sem aprovação científica.

“Pior que uma decisão mal tomada é uma indecisão. Não pode ficar parado, nesse ‘fique em casa’. Não dá. Desde o começo eu adotei essa linha. A gente fica triste quando vê pessoas, por decreto, proibindo determinado medicamento. Mesmo que não tenha comprovação científica, ele não mostrava outra alternativa.”