Bolsonaro critica Joe Biden: " nossa soberania é inegociável"

Bolsonaro critica Joe Biden: " nossa soberania é inegociável"

“O candidato à Presidência dos EUA Joe Biden disse ontem que poderia nos pagar US$ 20 bilhões para pararmos de ‘destruir’ a Amazônia ou nos imporia sérias restrições econômicas”, escreveu Bolsonaro em uma rede social.

“O que alguns ainda não entenderam é que o Brasil mudou. Hoje, seu presidente, diferentemente da esquerda, não mais aceita subornos, criminosas demarcações ou infundadas ameaças. NOSSA SOBERANIA É INEGOCIÁVEL”, continuou Bolsonaro, destacando com letras maiúsculas o fim da frase.

O presidente seguiu dizendo que seu governo está realizando “ações sem precedentes” na proteção à Amazônia.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, ironizou a fala de Biden. “Só uma pergunta: a ajuda dos US$ 20 bi do Biden, é por ano?”, publicou em uma rede social.​

Bolsonaro disse ainda que “a cobiça de alguns países sobre a Amazônia é uma realidade”, mas ponderou que a “‘externação’ por alguém que disputa o comando de seu país sinaliza claramente abrir mão de uma convivência cordial e profícua”.

“Custo a entender, como chefe de Estado que reabriu plenamente a sua diplomacia com os Estados Unidos, depois de décadas de governos hostis, tão desastrosa e gratuita declaração. Lamentável, Sr. Joe Biden, sob todos os aspectos, lamentável”, encerrou Bolsonaro, antes de repetir o mesmo texto em inglês.

 

NINGUÉM FALOU EM RETIRAR A SOBERANIA DO BRASIL.  BIDEN APENAS OFERECEU A   COORDENAÇÃO  DE UMA AJUDA DE VÁRIOS PAÍSES  PARA LEVANTAR UM FUNDO COM O OBJETIVO DE   PRESERVAR A AMAZONIA.