Bolsonaro decide enviar Mourão para posse de Alberto Fernández

O presidente Jair Bolsonaro decidiu enviar o vice-presidente Hamilton Mourão à posse do novo presidente da Argentina, Alberto Fernández, que será realizada nesta terça-feira, 10. A informação foi confirmada pela assessoria da vice-presidência.

Em princípio, Bolsonaro havia decidido enviar o ministro da Cidadania, Osmar Terra. Mais cedo nesta segunda-feira, 9, a viagem de Terra foi cancelada e foi decidido que apenas o embaixador Sérgio Danasse representaria o Brasil na cerimônia.

As indas e vindas sobre quem representaria o Brasil na posse do argentino tem como pano de fundo a antipatia de Bolsonaro com o presidente eleito. Fernández, que tem como vice a ex-presidente Cristina Kirchner, é ideologicamente o oposto ao atual presidente, Maurício Macri.

Durante a campanha eleitoral na Argentina, o brasileiro chamou Fernández e seus aliados de “bandidos” e, ao saber da vitória do peronista, disse que os argentinos “escolheram mal”. As provocações não ficaram restritas ao gabinete da Presidência. O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, publicou no Twitter que as “forças do mal” comemoraram a volta do Peronismo no país vizinho.

Fonte: VEJA