Bolsonaro decidiu demitir Moro em agosto de 2019

“Bolsonaro decidiu demitir Moro em agosto de 2019, ao saber que o ex-juiz criticara a decisão de Toffoli sobre o Coaf, que protegeu Flávio. Jair foi demovido por Augusto Heleno: “Se demitir o Moro, o seu governo acaba'”. Do livro Tormenta, da Thaís Oyama