Bolsonaro fala em banir "marginais vermelhos" da pátria

“Não tem preço as imagens que vejo agora da Paulista e de todo o meu querido Brasil. Perderam ontem, perderam em 2016 e vão perder a semana que vem de novo. Só que a faxina agora será muito mais ampla. Essa turma, se quiser ficar aqui, vai ter que se colocar sob a lei de todos nós. Ou vão pra fora ou vão para a cadeia. Esses marginais vermelhos serão banidos de nossa pátria”, disse.

Cuidado Bolsonaro … A mão que afaga é a mesma que apedreja. O povo está votando em você pelo Brasil e não pela sua pessoa.

O poder sendo concedido a uma pessoa desequilibrada que não respeita as diferenças é algo muito perigoso.

Presidente brasileiro não pode expulsar brasileiros seja qual for a ideologia e preferência política. Quem manda prender é a justiça, atendendo aos tramites legais e constitucionais. Existe a presunção de inocência para todos que ainda não foram condenados.

Nunca fui adepto do comunismo ( são representados pela cor vermelha) mas penso que deve existir respeito as ideologias contrárias cujps partidos existem legalmente. Como exemplo, cito o PCdoB. ( partido comunista do Brasil)
Cabe aos eleitores brasileiros votar ou não em tais agremiações. Sem a preferência do povo, os “vermelhos” podem ser extintos, mas de forma democrática. Sem votos, o partido acaba. Não cabe ao presidente do país fazer discursos dessa natureza.

Isso e intolerância e incentivo ao ódio por motivos ideológicos.

Inacreditável: um candidato à Presidência pedir às pessoas que se ajustem ao que ele pensa ou pagarão o preço: cadeia ou exílio. Lembra outros tempos. O que o Brasil precisa é de coesão no rumo do crescimento e diminuição da desigualdade.” ( Declarou Fernando Henrique Cardoso)

https://youtu.be/xmEh-q9OlUk