Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Bolsonaro faz discurso golpista e ataca STF

BOLSONARO QUE REUNIR O “CONSELHO DA REPÚBLICA” PARA RETIRAR PODERES, DECRETANDO ESTADO DE SÍTIO OU ESTADO DE DEFESA. PRESIDENTES DOS PODERES IGNORAM A CONVOCAÇÃO. BOLSONARO ESTÁ ISOLADO

O presidente Jair Bolsonaro fez um discurso em tom de ameaça ao Judiciário e ao Congresso para manifestantes que se aglomeram na Esplanada dos Ministérios nesta terça-feira, 7. Sem citar diretamente a quem se referia, o presidente disse que “ou o chefe desse poder enquadra o seu ou esse poder pode sofrer aquilo que nós não queremos”. Ele afirmou que vai levar aos presidentes do Congresso, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, a “foto” do povo hoje nos atos.

“A partir de hoje, uma nova história começa a ser escrita aqui no Brasil. Peço a Deus mais que sabedoria, força e coragem para bem decidir. Não são fáceis as decisões. Não escolham o lado do confronto. Sempre estarei ao lado do povo brasileiro”, afirmou o presidente, em cima de um carro de som.

“Este retrato que estamos tendo neste dia não é de mim nem de ninguém em cima deste carro de som. Este retrato é de vocês. É um comunicado, é um ‘ultimato’, para todos os que estão na Praça dos Três poderes, inclusive eu, presidente da República, de para onde devemos ir. Cada um de nós deve se curvar à nossa Constituição Federal. Nós temos essa obrigação: se queremos a paz e a harmonia, devemos nos curvar à nossa Constituição.”

OS PRESIDENTES DO STF, SENADO E DA CÂMARA, NÃO CONCORDAM COM O  DISCURSO GOLPISTA DE BOLSONARO.

BOLSONARO AMEAÇA O PAÍS PARA UM ESTADO DE SÍTIO OU DE DEFESA.

BOLSONARO ESTÁ ISOLADO FRENTE AOS OUTROS PODERES DA REPÚBLICA. O