Bolsonaro: “não sairão” é dá balinha, cafezinho, água”

Em uma entrevista do jornal Folha de São Paulo com o deputado Jair Bolsonaro:

 

Folha: Uma das medidas que o senhor defende é o armamento.

Bolsonaro: Foram fazer um escracho na minha casa e ameaçaram entrar. Eu falei: “Se entrarem, não sairão”. Agora o Ministério Público quer saber o que é “não sairão”. É atirar neles. Não, “não sairão” é dar cafezinho, água gelada. Tenho três armas e muito cartucho. Ia embalar e dar balinha para chupar. Entra na minha casa, estupra minha mulher, fode a minha filha, e eu tenho que bater palmas para liberdade de expressão?
Por isso que essa porra desse país está nessa merda aí. E por isso que o pessoal gosta de mim. Eu não estou maluco! E vocês, né, de esquerda, jornalista de esquerda está cheio, né? Vocês estão cavando a própria sepultura.”

Bolsonaro não completou a frase.  A frase correta é: “Eles não sairiam VIVOS”.  Matar invasor de sua casa é legítima defesa. Quem garante que sem uma reação o dono da casa não seria assassinado?

 

Deixar uma resposta