Bolsonaro o auto destruidor de si e do país

Bolsonaro demitiu seus dois melhores ministros. Mandetta do ministério da Saúde e Sérgio Moro do Ministério da Justiça. Falta demitir o Paulo Guedes

“Eles não perdem por esperar.” Ministro estrela no meu governo não dá. A estrela sou eu. Minha caneta funciona, disse Bozo. ENTÃO FALTA DEMITIR O GUEDES

Diz o editorial do jornal Estadão deste sábado:

“O governo de Jair Bolsonaro é conduzido sob o signo de Tânatos, o deus da morte na mitologia grega. Dedica-se desde sempre à destruição – primeiro, dos inimigos, reais e imaginários; depois, dos próprios aliados, inclusive ministros que lhe devotavam lealdade; e, afinal, a si mesmo, inviabilizando-se como presidente. É preciso interromper essa escalada antes que Bolsonaro destrua, por fim, o próprio País.”