Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Bolsonaro pensa que não pode ser retirado do cargo de forma legal

Vocês me dera um voto de confiança lá atrás e só Deus me tira daqui”, Disse Bolsonero.

Ele vai ter que entender, que ser eleito não dá atestado de isenção para punição de crimes; A LEI TIRA BOLSONARO DO PODER. SÃO MAIS DE 20 CRIMES, ALGUNS COMUNS E OUTROS DE RESPONSABILIDADE  E JÁ EXISTEM MAIS DE 60 PEDIDOS DE IMPEACHMENT. BASTA QUE UM SEJA ACEITO PELO PRESIDENTE DA CÂMARA PARA SER VOTADO.

Bolsonaro somente se mantém no poder graças ao apoio do Centrão que poderia barrar o impeachment. Mas o  líder do Centrão e presidente da Câmara,  Arthur Lira, passou a perceber que Bolsonaro não tem empenho para acabar com a pandemia. O Centrão já dá sinais que vai romper com o governo. Eles não querem ser cúmplices do genocídio.

Ao romper com Bolsonaro, o Centrão pode impichar o presidente.

Rodrigo Pacheco (DEM-MG) e Arthur Lira (PP-AL) têm feito de tudo para não entrar em  Conflito   com o Bolsonaro, mas eles estão chegando no limite da tolerância.