Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Bolsonaro quer internacionalizar a desconfianaça sem provas, da suposta fraude nas urnas

Representantes de algumas das principais embaixadas estrangeiras em Brasília como Estados Unidos, Reino Unido, Japão e Rússia ainda não confirmaram presença na reunião com Jair Bolsonaro nesta segunda-feira, dia 18. O evento foi convocado pelo presidente da República para discutir as urnas eletrônicas brasileiras. Bolsonaro quer apresentar a embaixadores sua tese nunca comprovada de fraude nas eleições de 2014 e 2018.

Outras embaixadas confirmaram que enviarão representantes, como a da França e a da União Europeia. Há dúvidas na comunidade diplomática sobre quais foram os critérios usados pelo Palácio do Planalto para escolher as representações convidadas para o compromisso político. A representação do Reino Unido em Brasília não foi convidada até o começo da noite deste sábado, 16, assim como alguns outros países europeus, a exemplo da Suécia.