Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Bolsonaro quer revogar o uso obrigatório do uso de máscara

Em entrevista à Rádio Nova Regional, do Vale da Ribeira (SP),   o presidente Bolsonaro lembrou que já havia pedido um estudo ao ministro sobre o tema e repetiu que, com a maior parte da população vacinada ou que já teve covid-19, as máscaras não seriam mais necessárias.

Ele  afirmou que irá pedir ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, uma data para que o uso de máscaras como proteção contra a Covid-19 deixe de ser obrigatório no país.

“Eu pedi um estudo para o Ministério da Saúde e hoje vou me reunir com o Queiroga para nós darmos uma solução para esse caso. A ideia é o seguinte: pela quantidade de vacinados, pelo número de pessoas que contraiu o vírus, nós tornarmos facultativo, orientarmos que o uso da máscara não precisa ser mais obrigatório. Essa nossa ideia que talvez ganhe uma data a partir de hoje para recomendação do Ministério da Saúde”, disse Bolsonaro

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e especialistas de área afirmam que o uso da proteção é essencial para o combate à pandemia, mesmo após a vacinação ou infecção pelo vírus.

“Se as pessoas usassem máscaras e se vacinassem, a pandemia já teria acabado;” esta é a avaliação do infectologista e pesquisador da Universidade de Nebraska, nos Estados Unidos, André Kalil, em entrevista à CNN Rádio.

JR

 

 

.