Cabral empata com Lula: ele é hexa réu "inocento"

O juiz federal Marcelo Bretas, responsável pelos processos da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, aceitou nesta quarta-feira mais uma denúncia do Ministério Público Federal contra o ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB). O peemedebista virou réu nesta ação penal por 25 crimes de evasão de divisas, nove de corrupção passiva e 30 crimes de lavagem de dinheiro. Preso desde novembro no Complexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste do Rio, o ex-governador será julgado em outros cinco processos da Lava Jato, acusado de 332 crimes de lavagem de dinheiro, entre outros crimes.

Deixar uma resposta