Campanha de Dilma abastecida com dinheiro ilícito

Foto Lula Marques/Agência PT

A Polícia Federal afirma que o ex-ministro Antonio Palocci pagou o marqueteiro João Santana com US$ 11,7 milhões em propina supostamente recebida da empreiteira Odebrecht.O dinheiro ilícito, segundo a PF, bancou despesas da campanha presidencial de 2010, quando a petista Dilma Rousseff foi eleita pela primeira vez.