Cantora Celine Dion, tem uma doença rara incurável

 

A cantora canadense, Celiné Dion, de 55 anos, é portadora d\a Síndrome da Pessoa Rígid [SPR], que causa rigidez intensa dos membros e espasmos inesperados
Dion teve uma piora em seu estado de saúde e provavelmente nunca mais voltará aos palcos, segundo o site RadarOnline.

De acordo com a revista, Céline não está conseguindo recuperar os movimentos ou ainda retardar a doença. “Para ser honesto, ela mal consegue se mexer”, disse uma fonte da publicação. “Céline está com muita dor. Ela tem a melhor equipe médica que o dinheiro pode comprar, mas as coisas não parecem boas. Sua doença é incurável. E por mais que ela tenha trabalhado nisso com médicos e terapeutas, ela simplesmente não está melhorando”, afirmou a fonte.

Dion revelou pela primeira vez que foi diagnosticada com síndrome da pessoa rígida em dezembro, em um vídeo do Instagram.

A irmã mais velha da cantora internacionl, Céline Dion, Claudette, atualizou os fãs da cantora sobre seu estado de saúde. A artista canadense sofre de Síndrome da Pessoa Rígida, condição neurológica rara e incurável que causa espasmos musculares debilitantes.

“Ela está fazendo de tudo para se recuperar. Ela é uma mulher forte”, disse Claudette à Hello! Canada.

A condição, de acordo com a Stiff Person Syndrome Foundation, afeta o sistema nervoso central, especificamente o cérebro e a medula espinhal. “Os pacientes podem ficar deficientes, parar em cadeiras de rodas ou ficar acamados, incapazes de trabalhar e cuidar de si próprios”, afirma fundação, acrescentando que a doença tem características autoimunes e inclui sintomas como “hiperrigidez, dor debilitante, ansiedade crônica” além de espasmos musculares “tão violentos que podem deslocar articulações e até quebrar ossos”.

“É uma doença sobre a qual sabemos tão pouco. Há espasmos, e eles são impossíveis de controlar, e não há muito o que fazer para apoiá-la, para aliviar sua dor”, lamentou Claudette.

Entre os muitos sucessos de Dion, destacamos a música tema do filme Titanic

JORGE RORIZ