Carlos Bolsonaro chama ONGs de vagabundas por criticar o mandrião que discursa hoje na ONU

Nesta terça-feira, às 10 horas da manhã será aberta a 75ª Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

Pressionado por organizações internacionais pelas queimadas recordes na Amazônia e no Pantanal, Bolsonaro usará o discurso de abertura para rebater críticas.

O vereador do Rio de janeiro, (Republicanos) Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro afirmou que o pai é perseguido:

“Todas as ONGs vagabundas” estariam, segundo ele, “se organizando nas redes sociais para orquestrar panelaço contra o Presidente amanhã em seu discurso para a ONU”.
“Este tipo de MOVIMENTO ORQUESTRADO jamais será investigado e nem será motivo de inquérito, óbvio! O LÍDER ELEITO DA NAÇÃO é alvo!”, escreveu o filho do presidente.

Ser contra o presidente ou fazer críticas a atuação do presidente é um direito das organizações e do povo brasileiro. Ser eleito por 57 milhoes de votos (o país tem 147 milhões de eleitores) não concede a Bolsonaro isenção de críticas.
Isso é bem diferente dos grupos organizados que incentivados por Bolsonaro estão sendo investigados por crimes de espalhar fake news e tramar para fechar os poderes constituídos.

As críticas a Bolsonaro não se resumem as ONGS. O mundo civilizado critica Bolsonaro.

AS PALAVRAS PRONUNCIADAS PELO MINISTRO DO MEIO AMBIENTE. NA REUNIÃO MINISTERIAL. (passar uma boiada. p mudar a legislação tornando a punição aos desmatadores menos rígida) A OMISSÃO DO GOVERNO COM AS MANCHAS DE ÓLEO NO MAR. (PASSOU DOIS MESES PARA INICIAR UMA AÇAO) E NÃO DEMITIU O MINISTRO. A OMISSÃO DE BOLSONARO EM MANDAR O EXÉRCITO FISCALIZAR E APAGAR O FOGO.

A REDUÇÃO DAS VERBAS E DO NÚMERO DE FISCAIS. AS DECLARAÇÕES DO PRÓPRIO BOLSONARO NEGANDO O AQUECIMENTO GLOBAL. AFIRMAR QUE IA RETIRAR O BRASIL DO CLUBE DE PARIS. DESPREZAR A AJUDA FINANCEIRA DA ALEMANHA E NORUEGA.

A DEMISSAO DO DIRETOR DO INPE NEGANDO OS NÚMEROS DESSE ÓRGÃO DIRIGIDO POR CIENTISTAS E RESPEITADO NO MUNDO INTEIRO.

O PLANO DO GOVERNO DE EXPLORAR GARIMPO EM TERRAS ÍNDIGENAS ENTRE OUTRAS AÇÕES E PRONUNCIAMENTOS. MOSTRA CLARAMENTE QUE BOLSONARO NÃO DÁ IMPORTANCIA AO MEIO AMBIENTE.O MUNDO SABE DISSO. MENOS O GADO QUE APOIA O MANDRIÃO.