Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Carta de Natal do Conass às crianças do Brasil

Brasília, 24 de dezembro de 2021
Queridas crianças do Brasil,

 

O ano não foi fácil. Os papais e as mamães de vocês passaram por inúmeras dificuldades. Empregos foram perdidos, tudo ficou caro, foi difícil iniciar a vacinação contra o coronavírus. Por conta disso, muitos parentes e muitos amigos viraram estrelinhas. Mais
de 400 mil apenas este ano.

Vocês devem ter se acostumado a falar de coronavírus e, por conta dele, passaram a usar máscaras até para ir para a escola. A gente sabe que máscara não é algo confortável, mas elas são usadas para protegê-los.

O ano foi passando, as dificuldades foram diminuindo e a gente finalmente conseguiu  a proteção que os papais e as mamães já possuem: a vacina contra a Covid-19 para crianças!

Eu sei que ninguém gosta de agulhas, mas vocês não precisam ter medo! Os cientistas do mundo inteiro apontam a segurança e eficácia da vacina para crianças! Ela inclusive já começou a ser aplicada em meninos e meninas de vários países do mundo.
Infelizmente há quem ache natural perder a vida de vocês, pequeninos, para o coronavírus. Mas com o Zé Gotinha já vencemos a poliomielite, o sarampo e mais de 20 doenças imunopreveníveis. Por isso, no lugar de dificultar, a gente procura facilitar a
vacinação de todos os brasileirinhos.

E é esse recado que queremos dar no dia de hoje, véspera de Natal: quando iniciarmos a vacinação de nossas crianças, avisem aos papais e às mamães: não será necessário nenhum documento de médico recomendando que tomem a vacina. A ciência
vencerá. A fraternidade vencerá. A medicina vencerá e vocês estarão protegidos. Que o Papai Noel traga neste ano muito amor, alegria, abraços, diversão e PROTEÇÃO contra a COVID-19. E que todos possam compartilhar esses presentes com o
papai e a mamãe.

Feliz Natal!
Carlos Lula
Presidente do Conas