Caso do foro privilegiado de Flávio Bolsonaro será julgado pela Segunda Turma do STF

Caso do foro privilegiado de Flávio Bolsonaro será julgado pela Segunda Turma do STF

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), já sinalizou para colegas que levará o caso do foro privilegiado do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) para a Segunda Turma da Corte. Com isso, a votação fica para agosto, na volta do recesso do Judiciário.

Integrantes do STF avaliam que é importante levar o caso para uma decisão colegiada, mesmo com o tema já ter sido analisado em plenário em 2018, derrubando o foro privilegiado para quem perdeu o mandato.

“Isso já é ponto pacífico no STF”, disse ao blog um ministro do STF, que lembrou inclusive, o caso do ex-presidente Michel Temer, cujo foro desceu para primeira instância quando ele deixou o cargo.

Informações do G1