O vídeo que causou a queda de Bolsonaro – Se eleito o autoritarismo será maior

A intensificação da propaganda do PT na TV e no rádio com falas do próprio Bolsonaro contra direitos de empregados

domésticas, comentários depreciativos sobre nordestinos, o caso WhatsApp (empresários que previam contratar disparos em

massa) e discursos autoritários do candidato do PSL e de seu filho Eduardo beneficiaram a campanha petista.

O próprio Bolsonaro admitiu hoje que a eleição não está ganha, contrariando clima de vitória antecipada que contaminou a campanha do PSL nos últimos dias. (Kennedy Alencar)

ISSO É APENAS UMA AMOSTRA ANTES DE SER ELEITO. APÓS ELEITO, VAI AGIR COM MAIS AUTORITARISMO.

A frase que destaco do discurso que passou despercebida e: “vai tudo para a ponta da praia”.
“A ponta da praia é a base da marinha. Lá opositores da ditadura foram assassinados. Não era um centro de tortura, mas de morte.”

Quem prende é a justiça não o presidente. Haddad não pode soltar Lula.
Indulto não é aplicado para crimes de corrupção.
“Não terão mais vez na nossa pátria” ( vai matar a oposição??)
“Sem Folha de São Paulo ( se falar mal dele não é imprensa)