Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

CCJ aprova a continuidade de Augusto Arras na PGR

Por vinte e um votos a seis, a CCJ aprovou a indicação para Augusto Arras continuar no cargo de procurador geral da república por mais dois anos. A votação irá a plenário e , ele tem ampla maioria de votos para se manter no cargo, agindo como advogado de Bolsonaro. Agora pensando em uma vaga no STF.
O senador Alessandro Vieira destacou que inúmeras entidades jurídicas divulgaram notas contra a atuação e omissão de Arras beneficiando Bolsonaro e por três vezes foram necessárias cobranças de ministros do STF para que Arras se manifestasse sobre graves crimes em que ele se manteve em silêncio.