Cesare Battisti é preso na Bolívia

Cesare Battisti é preso na Bolívia.
Fontes da Polícia Federal no Brasil, CONFIRMAM QUE CESARE BATTISTI FOI PRESO NA BOLÍVIA; Ele estava foragido desde dezembro, quando o governo do então presidente Michel Temer decidiu pela extradição para a Itália, onde Battisti foi condenado por quatro assassinatos nos anos 1970.
Finalmente o terrorista e assassino esquerdista será extraditado.
Bolsonaro usou Battisti na Campanha eleitoral para dizer que no primeiro dia do seu governo ele seria extraditado.
Mentiu na Campanha. A extradição dependia do STF. E JÁ TINHA SIDO SOLICITADA POR TEMER.

Segundo o jornal O Estado de São Paulo. Battisti foi preso pela unidade da Polícia da Bolívia que representa a Interpol com base em informações fornecidas pela polícia italiana.

Segundo o jornal italiano Corriere della Sera, que noticiou a prisão primeiro, Battisti estava em Santa Cruz de la Sierra. Segundo o referido jornal, Battisti usava uma barba falsa e portava documento com seu nome verdadeiro. A Coluna não conseguiu confirmar esse detalhe.

STATUS. Battisti fez parte nos anos 1970 um grupo terrorista na Itália e foi condenado à prisão perpétua por assassinatos e por ter torturado e estuprado um menor deficiente. Ele fugiu da Itália e foi preso em 2007 no Rio de Janeiro. O então ministro da Justiça do governo esquerdista de Dilma Rousseff, Tarso Genro, concedeu a Battisti o status de refugiado político. O STF decidiu que ele deveria ser extraditado, mas que a decisão era do presidente, na época, o esquerdista criminoso condenado, Lula da Silva.
Por questão ideológica, Lula decidiu no seu último dia de mandato, conceder asilo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.