Ciro Gomes o contraditório - Elogios e críticas a Temer

Em pré-campanha ao Planalto, o presidenciável Ciro Gomes (PDT) atacou Michel Temer (MDB) de “golpista”, “chefe de quadrilha” e afirmou que o presidente “será preso”.

Mas, segundo a Coluna do Estadão, a relação nem sempre foi assim. “Vossa Excelência é um constitucionalista respeitado, um eminente jurista, além de político respeitabilíssimo”, disse o pedetista ao então presidente da Câmara, Temer, em 2009, enquanto debatiam um projeto que tratava do monopólio do petróleo.

E não para por aí: “Todos nós, eu especialmente, temos um grande respeito por Vossa Excelência, pelo seu comportamento, pela sua retidão, pela sua decência”, registrou, em discurso no plenário.

 

Leave a Reply