Congresso não é refém de Guedes - Que ele saia

Congresso não é refém de Guedes - Que ele saia

Guedes ameaça o Congresso: “se interditar as reformas, vou embora”

As reformas só podem ser aprovadas dentro da lei.  E SENDO APROVADA PELA MAIORIA. O CONGRESSO NÃO VAI CEGAMENTE APROVAR OM QUE GUEDES QUER, PARA ELE NÃO SAIR DO GOVERNO. ALIAS,ELE JÁ DEMONSTROU SER INCOMPETENTE. BASTA VERIFICAR QUE O PIB DE 2019, ANTES DA PANDEMIA, FOI MENOR DO QUE NOS 4 ANOS ANTERIORES

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quinta-feira 16/VII que pretende ficar no cargo até o fim do governo, mas ameaçou: caso o Congresso Nacional passe a barrar as reformas pretendidas, ele deixará o posto.

“Eu só saio abatido à bala; removido à força”, declarou. “Enquanto houver essa agenda [reformista] a ser perseguida, eu estou aqui. Se o presidente [Jair Bolsonaro] desistir da agenda, se o Congresso interditar a agenda, eu não tenho o que fazer; tenho que ir embora para casa”, afirmou em evento virtual realizado pela XP Investimentos.