Coronel amigo de Temer sofreu um AVC, advogado culpa à Lava Jato

Do Estadão:

A defesa do coronel da reserva da Polícia Militar João Baptista Lima Filho, amigo do presidente Michel Temer, informou à PF que ele sofreu um Acidente Vascular Cerebral e que a delação da JBS agravou seu estado de saúde. O coronel Lima é alvo da Operação Patmos, desdobramento da Lava Jato.

Coronel Lima é um nome emblemático, muito ligado a Temer desde os anos 1980 e 1990, quando o presidente exerceu o cargo de secretário da Segurança Pública de São Paulo (Governos Montoro e Fleury Filho).

Deixar uma resposta