Covid – 19 – Aumento de casos na Europa serve de alerta para os brasileiros

Em dezenas de países do mundo, as medidas restritivas para evitar COVID – 19, foram relaxadas e após isso, o numero de casos e mortes aumentaram e os governos foram obrigados a voltar atrás e decretar as medidas restritivas. A pergunta que fica no ar é, será que isso pode ocorrer no Brasil?

O número de novos casos de Covid bateu recorde na Alemanha nesta quarta-feira (17) e levou a primeira-ministra Ângela Merkel a chamar a atual onda de infecções de “dramática”. A Alemanha possui 67% da população imunizada com duas doses. O Brasil possui 60%.

As internações hospitalares na Alemanha está em alta e a ocupação das UTIs ultrapassa 80% em algumas regiões. ocorreram 60 mil casos em 24horas e assim como no BRASIL a primeira ministra Alemanha, decidiu que todos devem tomar a terceira dose.

Os pesquisadores do Observatório Covid-19 Fiocruz, afirmam que “Definitivamente, a vacinação, descolada de outras recomendações não-farmacológicas, não será suficiente para determinar o fim da pandemia”,

Bélgica, Irlanda, Suécia, Dinamarca, Eslováquia e República Tcheca aumentaram as restrições. Na França, o governo já fala em uma quinta onda de Covid. Na Suíça, as hospitalizações, e as UTIs chegam a cerca de 75% de ocupação.

A Irlanda e a Bélgica, pretende retomar o home office e impor um toque de recolher a bares e casas noturnas
A Dinamarca, uma das primeiras nações europeias a retirar todas as restrições, vai retomar a obrigatoriedade de seu passaporte sanitário.

Diante desses exemplos em outros países, é preciso que os brasileiros que ainda não estão imunizados, compareçam aos postos de saúde
para que não ocorra no Brasil, um novo aumento de casos e mortes, obrigando os governantes a tomarem mais restrições.
Volto a destacar que 90% dos casos e mortes de Covid no mundo são de pessoas não imunizadas. A atual situação dos países europeus vêm sendo chamada de “pandemia dos não-vacinados”. Se vc está com a data da segunda dose atrasada, procure um posto de saúde. E se chegou sua vez de tomar a terceira dose, tome o mais rápido possível.

Jorge Roriz

Optimized with PageSpeed Ninja