Covid-19: China deve aprovar 1º medicamento contra o vírus em dezembro

Está previsto para dezembro, a aprovação pela China de um medicamento para pacientes com Covid -19, desenvolvido por uma farmacêutica chinesa e baseado no uso de anticorpos monoclonais, capazes de neutralizar o vírus. O nome do medicamento não foi informado.

“O corpo humano produz grande quantidade de anticorpos, mas nem todos têm eficácia antiviral. A nossa pesquisa visa a selecionar os mais fortes, para que possam ser usados como medicamentos no tratamento de pacientes infectados”, disse o professor da Faculdade de Medicina da Universidade Tsinghua, Zhang Linqi, citado pelo, Global Times, jornal oficial do Partido Comunista Chinês.

A conclusão da  terceira fase de testes do medicamento que ocorre nas cidades chinesas  de Cantão e Shenzhen,  é liderada pelo cientista Zhong Nanshan e ambas na província de Guangdong (sudeste), e em Nanjing e Yangzhou, na província de Jiangsu (leste).

A droga experimental foi administrada a mais de 700 pacientes que contraíram a doença durante a recente e ainda ativa onda de surtos no país asiático, atribuídos à variante Delta.

No fim de agosto, a Brii Biosciences tinha anunciado que o tratamento demonstrou redução de até 78% nas hospitalizações e mortes por covid-19, durante a terceira fase de ensaios clínicos realizados nos Estados Unidos, no Brasil, na África do Sul, no México, na Argentina e nas Filipinas.

Optimized with PageSpeed Ninja