Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

CPI da Pandemia pode pedir prisão preventiva de lobista

Caso Marconny Faria não seja localizado, o senador Randolfe Rodrigues afirmou que será pedida a prisão preventiva dele

O depoente chegou a alegar que está internado em um hospital da capital federal e que, por isso, não poderia prestar esclarecimentos nesta quinta

Marconny Faria é apontado como lobista da Precisa Medicamentos

O vice-presidente da CPI da Pandemia, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), afirmou que a comissão fez a solicitação para que a polícia legislativa conduza Marconny Faria ao Senado. Mas, caso ele não seja localizado, o senador afirmou que poderá ser pedida a prisão preventiva dele.

O depoente chegou a alegar que está internado em um hospital da capital federal e que, por isso, não poderia prestar esclarecimentos nesta quinta, mas a ministra do Supremo Tribunal Federal Carmen Lúcia determinou que ele compareça, mas poderá ficar em silêncio.