Cunha pede ao STF que Câmara julgue a decisão de seu afastamento

Em privado, Cunha afirma que os ministros do STF exorbitaram. Não poderiam ter afastado o presidente de outro Poder.

Por orientação de Cunha, três partidos alistados nos pelotões de sua milícia congressual —PSC, PP e SD— protocolaram no STF, nesta segunda-feira (16), uma ação escorada na tese segundo a qual medidas judiciais que afetem o exercício do mandato de um parlamentar devem ser submetidas à deliberação da respectiva Casa legislativa. Deseja-se obter do Supremo a anuência para levar o caso de Cunha ao plenário da Câmara. A informação é de Josias Barbosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.