Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Delator acusa Eduardo Cunha de pressionar liberação de recursos da CEF

O ex-presidente da Caixa Econômica Federal Jorge Hereda disse nesta quarta-feira, 26, em depoimento à Justiça Federal, ter sido pressionado pelo ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) por não acelerar investimentos do banco em determinadas empresas.

“O senhor Eduardo Cunha reclamava do andamento dos projetos. Mas que a gente andava muito rápido com a Petrobrás. E disse que, se a gente aprovasse os da Petrobrás antes dos outros, ele iria me convocar para a CPI da Petrobrás. Eu disse que não era presidente da Petrobrás, era presidente da Caixa”, declarou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.