Deputado petralha está preocupado com os tapetes vermelhos que Temer retirou

PIMENTA: E OS OBJETOS SURRUPIADOS POR LULA? POR QUE VC NUNCA PROTESTOU?

Paulo Pimenta (PT-RS) anunciou nesta sexta-feira 13 que vai protocolar, na próxima semana, uma ação junto ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, cobrando investigação sobre a mudança do mobiliário do Palácio da Alvorada realizada por Michel Temer e sua esposa, Marcela Temer.

Tapetes foram substituídos por uma questão de gosto pessoal, porque não gostam de tapete vermelho. Os sofás têm sido substituídos porque não gostam de sofá preto ou do sofá cor de telha, apesar dessas cores terem sido escolhidas pela própria Ana Maria Niemeyer e pelo Oscar Niemeyer na década de 60”, contou.

O problema é que o Palácio [da Alvorada] é um espaço público, é um prédio tombado e não faz nenhum sentido esse tipo de mudança, esse tipo de interferência num espaço que é público”, ressaltou Rocha.

O PALÁCIO É UM ESPAÇO DA UNIÃO, MAS NÃO É PÚBLICO. O POVO NÃO POSSUI PERMISSÃO DE ENTRAR LÁ QUANDO QUISER.

O deputado conta ter consultado normas como o decreto nº 99.245, publicado a 10 de maio de 1990, que institui o “Projeto Palácio da Alvorada” e tem a finalidade de “de guarnecer o Palácio da Alvorada com uma coleção permanente de obras de arte, documentos, mobiliários e objetos utilitários, representativos da identidade cultural brasileira”.

E PERMANENTE PORQUE OS OBJETOS NÃO PODEM SER DESCARTADOS, JOGADOS FORA, ´É PATRIMÔNIO DA UNIÃO, PORÉM PODE SIM SER MODIFICADO E ALTERADO. NÃO TEM SENTIDO MANTER OS MESMOS MÓVEIS E TAPETES……

PIMENTA:NÃO EXISTE NENHUMA LEI QUE PROÍBA ALTERAÇÕES EM UMA DECORAÇÃO.