Desemprego no governo Bolsonaro está no mesmo nível do governo Dilma

De acordo com dados divulgados pelo IBGE, das 27 unidades da federação, 18 estados registraram taxa de informalidade acima da média nacional em 2019.
Em 11 unidades federativas, a taxa de informalidade ultrapassou 50%. Desemprego ficou em 11,9% no ano passado em nível nacional. Atualmente, há no país 12,6 milhões de desempregados no País
Aumento de empregos no governo Bolsonaro é de empregos provisórios, informais e sem direitos trabalhistas e de salário muito baixo. São os “bicos” para sobrevivência. Muitas vezes abaixo do valor do salário Mínimo.

No governo Temer o desemprego estava sendo reduzido. Com Bolsonaro, o número se estabilizou. Não cresce, porém a redução é  muito pequena.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial