Brasil - Desemprego recorde de 14 milhões

Segundo trimestre, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira, 27,a taxa de desemprego atingiu 14,6% no terceiro trimestre do ano ante 13,3% no segundo trimestre
Essa é a maior taxa registrada na série histórica da pesquisa, iniciada em 2012, e indica que o País tem 14,1 milhões de pessoas sem trabalho.

PAULO GUEDES VIVE EM OUTRO MUNDO – ELE DIZ QUE O DESEMPREGO NO BRASIL PODE  ZERAR AINDA NESTE ANO.

“Nós não perdemos o rumo. Nós levantamos e estamos criando empregos em alta velocidade. Podemos chegar ao fim do ano com zero de perdas no mercado formal”, disse o ministro na apresentação dos dados do Caged, por videoconferência. “Se terminarmos o ano com zero perdas no mercado formal, terá sido 1 ano histórico para a economia brasileira”.