Dilma entra na fracassada Campanha petista

Com apenas 13% de aprovação no Datafolha), a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) vai participar das eleições municipais neste ano.
Dilma já se dispôs a se engajar nas campanhas de apoiadores em ao menos três capitais: Rio de Janeiro, Porto Alegre e Salvador.
Em Salvador, a candidata do PCdoB, deputada Alice Portugal, é uma ferrenha defensora de Dilma.
“A ideia é ela vir a Salvador para apoiar a nossa campanha, fazer um comício e uma caminhada tradicional dos progressistas e sindicalistas no Campo Grande, centro de Salvador. Além de ela emprestar o apoio a nossa campanha, faríamos um ato de solidariedade em relação ao ocorrido [impeachment]”, disse Vicente Neto, um dos coordenadores da campanha  petista.

Terceiro maior colégio eleitoral do país, a cidade hoje é administrada pelo prefeito ACM Neto, estrela no DEM, mas sempre votou majoritariamente em Dilma e no PT nas campanhas presidenciais – e o Estado é governado pelos petistas há dez anos. Na última pesquisa do Ibope sobre o governo Temer, Salvador foi a capital do país que pior avaliou o peemedebista: 53% consideram o governo Temer ruim ou péssimo. ( VEJA).

Até o momento, partido soma 1.135 candidatos à prefeito em todo o Brasil, uma redução de 35% em relação à eleição de 2012, quando 1.759 pariticipara da disputa. Lava Jato e processo de impeachment da presidente Dilma estão entre as razões da redução.

NA PROPAGANDAS, CANDIDATOS DO PARTIDO ESTÃO ESCONDENDO A BANDEIRA VERMELHA E A ESTRELA ( SÍMBOLOS DO PARTIDO)