Dólar dispara mas o governo vai intervir para reduzir o valor

O anúncio do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) de manter os juros básicos da economia americana na faixa entre 1,50% e 1,75%, em decisão unânime, por 8 votos a 0, fez com que o dólar atingisse no Brasil sua maior cotação em quase dois anos.

A moeda fechou o dia valendo R$ 3,55, alta de 1,36%, batendo resultado obtido em 2 de junho de 2016, quando alcançou R$ 3,58.

Com a alta, o Banco Central anunciou que vai agir para amenizar a disparada da moeda a partir desta quinta-feira, 03, para “suavizar movimentos no mercado de câmbio”. ( informações do Estadão)

o Banco Central (BC) renovará os contratos de venda de dólares no mercado futuro. A autoridade monetária anunciou hoje (2) à noite que iniciará amanhã (3) a rolagem de 113 mil contratos de swap cambial que venceriam em junho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *