Doria pede que Justiça Eleitoral investigue autoria de vídeo pornô

O pedido solicita que se apure a autoria do material e inclui laudos dos peritos Rosa Maria Melkan e Marcos Olyntho Godoy, atestando que o vídeo é falso, segundo informações de O Antagonista.

O candidato do PSDB ao governo de São Paulo, João Doria atribuiu o vídeo ao adversário Márcio França, que negou envolvimento no caso.

especialista em crimes virtuais explica porque a gravação é uma montagem.

O especialista explicou:

“A manipulação da imagem é grosseira. É possível ver as marcas da implantação do rosto do candidato sobre a imagem original. O rosto está deslocado e há uma deformação evidente no pescoço. A adulteração é sofrível”

Marcos Olyntho Godoy

O Antagonista ouviu Wanderson Castilho, um dos maiores especialistas brasileiros em crimes virtuais. Castilho disse:

“A manipulação da imagem é grosseira. É possível ver as marcas da implantação do rosto do candidato sobre a imagem original. O rosto está deslocado e há uma deformação evidente no pescoço. A adulteração é sofrível”

Fonte: Antagonista