Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Ele é culpado das mortes – Ex-procuradores pedem ao PGR ação contra Bolsonaro

Ex-integrantes da cúpula da Procuradoria-Geral da República (PGR) pediram nesta sexta-feira (29) que o procurador-geral da República, Augusto Aras,denuncie o presidente Jair Bolsonaro por suas ações, omissões e declarações que consequentemente causaram um combate ineficaz contra o Coronavírus e mais mortes.

“Jair Bolsonaro sempre soube das consequências de suas condutas, mas resolveu correr o risco. O caso é de dolo, dolo eventual, e não culpa”. O ducumento é assinado pelo ex-procurador-geral da República Claudio Lemos Fonteles, os ex-procuradores Federais dos Direitos do Cidadão Deborah Duprat, Alvaro Augusto Ribeiro Costa e Wagner Gonçalves,o subprocurador-geral da República aposentado Paulo de Tarso Braz Lucas e pelo desembargador aposentado Manoel Lauro Volkmer de Castilho.

O grupo quer que o presidente seja enquadrado no artigo 247 do Código Penal, que prevê pena de de 10 a 15 anos de reclusão a quem “causar epidemia, mediante a propagação de germes patogênicos”.

SE ARAS ACATAR O PEDIDO. O CONGRESSO DEVERÁ VOTAR E ´POR 2/3 DA CÂMARA A DENÚNCIA SERÁ VOTADA NO PLENÁRIO DO  STF. SE ACEITA POR SEIS MINISTROS DO STF, BOLSONARO SERÁ AFASTADO POR 180 DIAS.