Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Em Caruaru-PE, Bolsonaro fala abertamente em ruptura

Neste sábado na cidade de Caruaru- PE, Bolsonaro comenta sobre o “enquadramento” dos ministros do STF e volta a falar em ‘ruptura’

Ele incita o povo a uma desobediência civil e ameaça nossa democracia. ISSO É CRIME

“O nosso Supremo Tribunal Federal não pode ser diferente do Poder Executivo ou do Poder Legislativo. Se lá tem alguém que ousa continuar agindo fora das quatro linhas da Constituição, aquele poder tem que chamar essa pessoa e enquadrá-la e lembrar-lhe que ele fez um juramento de cumprir a Constituição. Se assim não ocorrer, (…) a tendência é acontecer uma ruptura” — disse Bolsonaro.

“No próximo dia 7, todos nós temos um encontro com nosso destino. Enquanto juristas procuram quem é o poder moderador do Brasil, eu digo que o poder moderador é o povo brasileiro.”

“Ruptura essa que eu não quero nem desejo. Tenho certeza (que) nem o povo brasileiro assim o quer. Mas a responsabilidade cabe a cada poder. Apelo a esse outro poder, que reveja a ação dessa pessoa que está prejudicando o destino do Brasil — disse o presidente da República.”

Ao dizer que não quer ele está sendo CÍNICO. QUEM FALA EM RUPTURA, QUEM AMEAÇA FAZER RUPTURA É ELE E SEUS APOIADORES